24 de janeiro de 2011

Balanço Eleitoral

Decorridas as eleições presidenciais é tempo de fazer um pequeno balanço das mesmas. Impera a necessidade de percebermos os resultados e com eles tirar determinadas elações.
- Cavaco Silva foi reeleito, sem necessitar de uma segunda volta. É o homem certo para o lugar certo. Foi a vitória da verdade sobre a calúnia! Após uma campanha de “5 contra 1”, em que os restantes candidatos na realidade não fizeram campanha, limitando-se a tentar denegrir a imagem do professor Cavaco Silva, os portugueses foram claros na eleição de ontem. O país precisa do conhecimento, da vasta experiência política e da inigualável ponderação do professor Cavaco Silva no cargo de Presidente da República! Vivemos tempos de crise e Cavaco Silva traduz estabilidade, bom senso e independência!
- Manuel Alegre, o Partido Socialista e o Bloco de Esquerda foram na verdade os maiores derrotados da noite. Manuel Alegre teve muito mais impacto nas eleições anteriores onde concorreu de forma independente.
- Fernando Nobre foi a par de Cavaco Silva, um dos vencedores da noite. Acima de tudo, começou a ganhar alguma notoriedade e apoio popular, quando se decidiu descolar da imagem semelhante aos outros candidatos, que ao invés de apresentarem os seus argumentos e as suas ideias para o cargo de presidente da república, optavam sempre por criticar o actual titular do cargo. Apesar de não ter sido apoiado por nenhuma organização partidária ou partido político, se se tivesse decidido mais cedo por uma campanha correcta, teria tido mais votos que o próprio Manuel Alegre.
- Francisco Lopes obteve a votação esperada. Foi um resultado em conformidade com o núcleo duro comunista no nosso país. É triste ouvir o seu discurso de derrota proclamando uma vitória rebuscada e sem sentido. Pessoalmente senti que o senhor até é inteligente e tem capacidades, mas tal como muitos outros naquele partido, têm a infelicidade de estar no partido errado onde as ideias são na sua maioria demasiado estáticas e extemporâneas.
- Defensor Moura foi um desastre. Desde o início que ninguém lhe augurava um bom resultado e as previsões confirmaram-se. Foi o expoente máximo de uma política baixa e sem respeito pelo professor Cavaco Silva. Coroou a triste campanha com o facto de nem ter felicitado o vencedor das eleições.
- Relativamente ao candidato madeirense, José Manuel Coelho, pouco há a dizer. Como é possível 4,5% do eleitorado ter votado naquele indivíduo para ocupar um cargo de tamanha importância com é o de Presidente da República?? É triste e lamentável o resultado alcançado pela personificação da sátira política em detrimento de uma política séria.
No que concerne ao meu concelho, Lousada, Cavaco Silva venceu em 24 das 25 freguesias que o compõem! Sendo a Câmara Municipal um “bastião” socialista há mais de 20 anos, vaticina-se uma mudança nas próximas eleições autárquicas. Será ousado a analogia entre as diferentes eleições mas já nas anteriores a mudança começou a surgir e atingirá a sua plenitude em 2013! Inevitavelmente terá de acontecer para bem de um concelho cada vez mais na retaguarda do Vale do Sousa.
Por fim, apraz-me realçar o elevado valor verificado da abstenção. Fica patente o desinteresse da população e o descrédito que é dado uma eleição presidencial. Como podemos deixar que os outro escolham por nós??

14 de janeiro de 2011

Corpo feminino por Paulo Coelho



"Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.
Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação é visual, isso quer dizer, se tem forma de guitarra... está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas.
As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas... . Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays e odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los.
Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato, são equivalentes a mil viagras.
A maquilhagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor.
As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas... Porque razão as cobrem com calças longas? Para que as confundam conosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão.
É essa a lei da natureza... que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde.
Entendam de uma vez! Tratem de agradar a nós e não a vocês. porque, nunca terão uma referência objetiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher. Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.
As jovens são lindas... mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda... cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.
Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (sem sabotagem e sem sofrer); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.
Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos 'em formol' nem em spa... viveram! O corpo da mulher é a prova de que Deus existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.
Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se!

A beleza é tudo isto."

 Paulo Coelho

13 de janeiro de 2011

Mourinho



A vitória é de Mourinho.. e é também de todos os portugueses!
José Mourinho tem já um currículo inacreditável... Os títulos falam por si e tornam indubitáveis as suas capacidades. Foi esta semana reconhecido como o melhor treinador do mundo e será no futuro certamente o melhor treinador de sempre.
Aqui em Portugal insistimos em desvalorizar e criticarmos o que temos de melhor. É típico em todos nós "tugas"! Se amanhã nos deslocarmos para lá da fronteira, uma simples conversa com um comum espanhol, constatamos o respeito que ele já ganhou em Espanha no pouco tempo que está lá. Em Itália, efectuou na época transacta, uma época de sonho no Inter e é adorado por todos. Por seu turno, em Inglaterra há um respeito e uma admiração notável por ele da parte de qualquer adepto de futebol, não importando o clube que apoiam. Basta pensarmos que no dia seguinte à partida de Mourinho do Chelsea, o primeiro ministro inglês fez questão de referir que a saída de Mourinho era uma perda não só para o Chelsea mas também para o próprio país!
Façamos a vénia realmente a quem merece! O espírito vencedor e auto-estima no seu expoente máximo são características dele que todos os portugueses deveriam ter (agora mais que nunca é certo!).
Sendo ele um verdadeiro poliglota, encheu-nos de orgulho(pelo menos a mim!) ao discursar em português no momento mais alto da sua carreira, quando todo o mundo seguia a cerimónia.
Mourinho, tu sim és fantástico!

10 de janeiro de 2011

Alguém se candidata a deputado na Suécia??

Em tempos de austeridade, é tempo de os políticos repensarem determinadas atitudes.. Basta de demagogia e de discursos vazios que nada acrescentam de significativo.. Porque tanto luxo para aqueles que ocupam cargos políticos?? Veja-se o exemplo nórdico da suécia neste vídeo, onde se demonstra como vivem os deputados suecos.


5 de janeiro de 2011

Bullying




“Bullying é uma discriminação, feita por alguns cidadãos contra uma única pessoa”.
Há cerca de meio ano atrás, Lousada foi notícia pelas piores razões: 1 miúdo de 11 anos foi parar ao Hospital vítima de bullying. Se a notícia deixou estupefacta muita gente, a verdade é que o bullying não é uma novidade dos nossos tempos. 
Desde sempre existiu uma subordinação dos miúdos mais fracos em relação aos mais fortes e consequentes confrontos físicos mas a verdade é que mesmo sendo fomentada a educação da sociedade portuguesa, as crianças ainda não “pensam”como deviam. A racionalidade e a maturidade variam bastante de indivíduo para indivíduo.
Compreender os efeitos do bullying é fundamental para evitar repercussões ao nível da saúde física e psicológica nos alvos directos das suas manifestações. O bullying aterroriza, humilha e desumaniza as vítimas, isolando-as e expondo-as a sérios riscos de saúde.
Se durante um tempo se na comunicação social não se falava noutra coisa, ultimamente não se tem dado atenção nenhuma a este “fenómeno”. Não podemos olvidar uma realidade que influencia directamente o normal desenvolvimento de qualquer criança ou jovem.

People are Awesome!!