23 de agosto de 2011

"Precisa-se de clientes"


Esta foto representa todo o nosso comércio tradicional. Cada vez mais asfixiado com esta crise, que extravasa fronteiras e assume dimensões mundiais. Não se vislumbram melhoras e são cada vez mais inquietantes as notícias sobre a nossa situação económico/financeira. Inseridos numa União Europeia cada vez menos unida, nunca o espectro da insolvência pairou tanto sobre a nossa nação. Brota em toda a minha geração a revolta e indignação de ter de pagar o facto de as gerações antecedentes terem andado a viver acima das possibilidades. Logo agora que nos lançamos para o mercado de trabalho e começamos a "desenhar" a nossa própria vida, deparamos-nos com um país de rastos e uma população desmotivada onde as oportunidades para singrar escasseiam de facto! Só nos resta continuar a lutar para alcançar tudo a que nos propusemos atingir. Não defraudemos aqueles que em nós depositam a esperança de um futuro melhor e ousemos construir um futuro próspero para os que nos seguirão...

10 de agosto de 2011

Tumultos


Vejo os jornais com especial atenção.. Fico estupefacto com os distúrbios em Inglaterra.. Ainda mais quando os mesmos tiveram origem em Londres, uma cidade que conheço bem e que me fascina.. Londres é a cidade mais vigiada do mundo!! Há uma câmara de vigilância em todas as esquinas! Apesar da confusão de pessoas, etnias e religiões, o respeito, educação e a urbanidade sempre imperaram! Porque mesmo os próprios ingleses são pessoas que primam pela rectidão contrastando com a má imagem deixada por alguns no Algarve. A cultura britânica é bastante peculiar e a sua índole consuetudinária faz me ser um adepto confesso da mesma. Se numa sociedade tão avançada como a inglesa, somos capazes de assistir a imagens de crianças de 10 anos a pilhar lojas, em países menos desenvolvidos isso poderá ocorrer com mais normalidade.. É tempo de parar e repensar toda a nossa vida em sociedade, sob pena de em breve assistirmos bem perto de nós a muitos mais fenómenos de convulsão social como estes de Londres. Para que mundo caminhamos nós?? Assistimos a uma crise económica mundial.. Que ninguém sabe no que irá resultar, mas pior que isso é a actual crise de valores do próprio ser humano!!! Haja consciência disso!